TAG Mulher com M Maiúsculo

Eu amo TAG! Amo mesmo! Leio e faço várias, mas nem sempre publico rsrs. Essa TAG Mulher com M Maiúsculo vem mostrar que antes de ser mãe, somos mulher e precisamos nos cuidar e aumentar nossa autoestima.

Antes de ter filhos, a mulher toma banho tranquilamente, lava os cabelos sempre que quer, fica maquiada, cabelos penteados, roupa sempre arrumada e limpa, unhas feitas, depilação em dia, massagem, tratamentos estéticos faciais e corporais etc etc etc. Sim, isso foi antes de ter filhos!

Ser mãe não significa que agora você não se cuida mais, significa que agora o seu tempo disponível para você mesma é bem menor (e quanto menor o filho, menor o tempo para si mesma). Porém, sou a favor de tomar atitude. Precisamos administrar o tempo e cuidar de nós como mulheres, porque ser mãe é apenas um dos papéis que desempenhamos na vida.

19095916_1374314839325667_337389161_o

Por isso, respondi essa TAG super legal da Mulher com M Maiúsculo. Responda nas suas redes sociais e marque nossa #Maespecialista que eu curtir suas respostas. Vem comigo!


1)O que você mais gosta no seu corpo?

Gosto das minhas pernas.

2) Você está feliz consigo mesma ou tem algo que mudaria completamente?

Mudar completamente eu não digo, mas sempre tem algo que queremos mudar. Afinal, mulher é assim. Eu gostaria de mudar as marcas que tenho no rosto por causa das acnes da adolescência e tirar as gorduras localizadas .

3) Você faria alguma cirurgia plástica? Quais?

Tenho vontade de colocar silicone nos seios e fazer uma lipo no abdômen e nas coxas. Só falta coragem de enfrentar as cirurgias.

4) Você prefere seguir tendências ou cria seu próprio estilo sem se preocupar com o que as pessoas vão pensar?

Não sou de seguir tendências porque sou muito básica para isso, gosto mesmo é de roupas e sapatos confortáveis. Mas é claro que como toda mulher vaidosa, estou de olho no que as pessoas estão vestindo e busco me atualizar sempre. Amo seguir um Instagram de moda ou ver vídeos no YouTube sobre tutorial de moda e maquiagem.

5) Se a sua vida estiver envolvida em alguma fofoca, o que você faz?

Não tem como dizer que não ligaria, ligaria sim porque a fofoca é uma mentira ou algo que não era para ser contado. É muito ruim ser comentada pelas pessoas ainda mais sem a gente saber. É algo que me deixa chateada e eu normalmente vou atrás de quem falou e tiro satisfações (#soudessas).

6) Quando uma pessoa faz algo que você não gosta, você fala para a pessoa que isso não foi legal?

Sou muito transparente e normalmente falo sim. Até porque se eu não falar, aquele assunto fica me sufocando e eu até passo mal.

7) Você confia na sua intuição? Conte alguma história em que ela ajudou você a se livrar de um problema.

Confio plenamente na minha intuição, mas busco sempre atrelar aos fatos reais da vida. Para isso, procuro a ajuda do meu marido (que como todo homem é mais racional) e ele me ajuda a avaliar a situação, as possibilidades e buscar soluções. Normalmente minha intuição é muito boa sobre a índole das pessoas, percebo rápido se a pessoa está com boa intenção na amizade ou tem algum interesse por trás.

8) Como você se cuida? Faz exercícios e tem uma rotina saudável?

Desde a adolescência luto contra o excesso de peso fazendo dietas, atividade física e buscando uma vida mais saudável. Fácil não é! Já tive fases de parar toda atividade física como por exemplo quando minha filha nasceu. Nas gravidezes fiz caminhada, pilates e drenagem linfática e cuidei mais da alimentação. Agora estou novamente tentando voltar para uma atividade física regular, mas como toda mãe que assumi mil papéis, falta tempo. Mas juro que vou me organizar e começar porque faz bem para a saúde.

9) Você já sofreu algum tipo de preconceito pela aparência? Conte.

Que eu me lembre não. Sempre me achei gordinha e por isso não uso roupas decotadas ou que mostrem muito o corpo. Prefiro o estilo básico e discreto.

10) O que você acha que não pode faltar na personalidade de uma mulher confiante?

Acho que a mulher confiante precisa conhecer a si mesma para saber suas potencialidades e suas dificuldades. Aprender a buscar soluções usando o que tem de melhor e a lidar com as dificuldades no dia a dia engrandecem a mulher e suas relações.

11) Você se considera uma mulher confiante? O que você acha das mulheres super confiantes?

Me considero uma mulher confiante sim, mas não super confiante (rsrsrs). Sou insegura e ansiosa e por isso, tenho muitas dúvidas ao tomar decisões. O excesso de autoconfiança (e excesso de tudo na vida) atrapalha a pessoa a enxergar onde pode tropeçar e a perceber que as dificuldades também a fazem crescer.

Obrigada por ler essa TAG e espero que tenham gostado de me conhecer mais um pouco como Mulher com M maiúsculo.


Beijos <3



Nenhum comentário:

Postar um comentário